INÍCIO

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Vítima de estupro coletivo em Uruçui é ouvida em Teresina durante audiência

A adolescente de 15 anos - que sofreu estupro coletivo durante gestação de seis meses na cidade de Uruçui - foi ouvida pelo juiz Rodrigo Tolentino na manhã desta quinta-feira (8). A vítima se deslocou de sua cidade - a 453 km de Teresina - e respondeu aos questionamentos do juiz e da promotora durante audiência no Complexo de Cidadania, no bairro Redenção, zona Sul da capital.
O juiz interrogou pela segunda vez os três adolescentes que foram apreendidos suspeitos de estuprarem a garota e degolar o namorado da vítima. No total, seis pessoas foram ouvidas hoje.
"Vou aguardar a alegação final de um dos defensores para na próxima semana proferir uma sentença sobre o caso. Estamos dentro do prazo de 45 dias e vamos finalizá-la antes disso", disse o juiz, que não deu detalhe da audiência, alegando que o processo corre em segredo de justiça.

O magistrado adiantou apenas que as provas que existem no processo são suficientes para proferir uma sentença.

Se forem julgados culpados, os três adolescentes serão condenados a internação por três anos acusados pelo estupro coletivo, segundo determina o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A pena poderá ser estendida, de acordo com o relatório que deve ser encaminhado ao juiz a cada seis meses, informando o comportamento dos menores durante a internação no CEM.
Sobre o caso
A meia noite do dia 2 de maio, os três menores abordaram o casal de namorados que se encontravam na ponte que faz divisa entre a cidade de Uruçuí-PI e Benedito Leite-MA. Em seguida, eles levaram as vítimas para um matagal, degolaram o rapaz - Flaviano Marinho da Silva, 19 anos - e jogaram o corpo no rio Parnaíba. Depois, estupraram a jovem que está grávida de seis meses e conseguiu fugir.


Os adolescentes apreendidos são: R.N.S.B, 16 anos, A.A.S, 16 anos e M.V.C.G, 13 anos. Eles foram trazidos para Teresina e se encontram apreendidos no CEM (Centro Educacional Masculino).

Nenhum comentário:

Postar um comentário