PÁGINA INICIAL

domingo, 30 de abril de 2017

Tem que ser do jeito que Wellington Dias quer. E viva a democracia!!!




Exonera
Wellington Dias vai exonerar os secretários Fabio Abreu (Segurança) e Rejane Dias (Educação) para que os dois retomem suas cadeiras na Câmara dos Deputados nos próximos 30 dias. O governador quer que eles votem contra as reformas trabalhista e da Previdência.
Sem cargo
Os suplentes Silas Freire (PR) e Maia Filho (SDD) votaram a favor da reforma trabalhista. Isso não agradou o Palácio de Karnak, que vai deixa-los no limbo até que sejam feitas as duas votações.
Traição
Essa não é a primeira vez que os dois suplentes de deputado federal votam contra a orientação de quem lhes deu o emprego.
E parece que Wellington ou está amarrado a eles ou adora ser recorrentemente traído.
Contramão
Na contramão desse movimento estão os deputados “socialistas” Heráclito Fortes, Átila Lira e Rodrigo Martins. O PSB fechou questão contra as reformas, mas os três deputados piauienses votaram a favor. E devem seguir votando do mesmo jeito. Mais fácil eles deixarem o PSB que seguir a orientação ideológica da legenda.
Quem fica
Com a exoneração de Rejane Dias e de Fabio Abreu, na Educação deverá responder pelo expediente da pasta o senhor Helder Jacobina e na Segurança, o coronel de reserva da PM, Rubens Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário