INÍCIO

quarta-feira, 26 de abril de 2017

SUPREMO REVOGA LIBERDADE DE BRUNO E MANDA GOLEIRO DE VOLTA À PRISÃO

CONDENADO A 22 ANOS DE PRISÃO, BRUNO HAVIA CUMPRIDO SEIS ANTES DO HABEAS CORPUS.


A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) cancelou o habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello e o goleiro do Boa Esporte Bruno Fernandes de Souza vai voltar para a cadeia. Por três votos a um, a maioria dos ministros entenderam procedente o pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para fazer o goleiro aguardar a análise do recurso encarcerado e um novo mandado de prisão deve ser expedido nos próximos dias. Votaram pelo retorno de Bruno à prisão os ministros Alexandre de Moraes, Rosa Weber e Luiz Fux. Marco Aurélio votou pela manutenção da liberadade e Luís Roberto Barroso, quinto membro da Turma, não participou do julgamento.

Condenado, em março de 2013, a 22 anos e 3 meses por ser o mandante do assassinato de Eliza Samudio, ex-modelo e mãe do filho do jogador, Bruno recorreu da decisão de primeira instância e aguardava preso a data do julgamento do recurso pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Ao conceder o habeas corpus, Marco Aurélio entendeu haver excesso de prazo para a análise do recurso e liberou Bruno, que já cumpriu 6 anos e 7 meses da pena, para aguardar em liberdade.
FONTE: diariodopoder.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário