INÍCIO

sexta-feira, 17 de março de 2017

PREFEITURA MUNICIPAL DE LUIS CORREIA JUNTAMENTE COM A SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO NA COMUNIDADE CAMURUPIM


Carreta do projeto Odonto Sesc começou a oferecer tratamento odontológico de graça para permissionários, usuários e moradores do povoado Camurupim, e localidades vizinhas. local onde a carreta estar instalada fica em frente ao posto de saúde. O serviço oferecido pelo Sesc e com parceria da secretaria Municipal de Saúde de Luis Correia, é itinerante e funciona em um consultório montado em uma carreta. O projeto iniciou os atendimentos nesta sexta feira (17) e segue durante os próximos quatro meses.

De acordo com o Prefeito municipal Kim do Caranguejo o projeto é uma parceria para atender os permissionários e moradores da quela comunidade. “É uma oportunidade para todos, e para participar basta a pessoa se encaminhar até a carreta com o documento de identidade, CPF e cartão do SUS. No local é feita a ficha do paciente e em seguida é marcada a consulta. Temos cinco consultórios para atender a todos. É gratuito e vai trazer muito benefício para os permissionários”, explicou o Prefeito Kim. 

A escolha do local foi uma solicitação da própria secretaria de saúde que identificou uma grande carência desse tipo de atendimento entre os seus moradores daquela comunidade, e regiões vizinha Lagoa do camelo, Baixa da pedra, Baixa do carpido, Baixa do jardim, e as demais localidade vizinhas. “Muitos começam a trabalhar cedo e seguem até o final do dia, e fica difícil ter um horário para buscar um serviço como esse. A grande parte dos trabalhadores não tem como pagar por um atendimento odontológico de qualidade e muitos vieram do interior, onde o acesso a assistência odontológica ainda é bastante restrito”, disse kim.

O secretario disse ainda que o projeto tem uma duração de quatro meses podendo ser prorrogado por mais três. “Dependendo de como tudo acontecer, vamos poder atender cerca de seis mil pessoas, sendo que 40 por dia e 200 por semana, poderão ser atendidas, então são números importantes e significativos. Estamos buscando também trazer a carreta da mama para fazer exames nas mulheres que são trabalhadoras rurais Além disso, queremos que os permissionários tenham um serviço que a maioria não tem condições de pagar", falou o secretário Pedro Junior.










Nenhum comentário:

Postar um comentário