PÁGINA INICIAL

quarta-feira, 8 de março de 2017

Barra Grande deverá se transformar em praia modelo mundial de turismo sustentável

Pacto entre Estado, município e redes de construção e hotelaria deverão transformar a praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia em modelo mundial de turismo sustentável.

Em reunião com o Governo do Estado e a Secretaria de Turismo nesta segunda-feira (06), no Palácio de Karnak, o prefeito de Cajueiro da Praia, doutor Girvaldo e o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), Andre Bahia, acordam pacto de projeção turística para a região da praia de Barra Grande. A ação consiste em um planejamento estratégico de treze anos que deverá transformar a cidade em referência em ecoturismo.

Dentre as ações que estão sendo planejadas, Cajueiro ganhará um terminal turístico, já em processo de construção, e um contorno rodoviário de acesso à região da Barrinha. O centro da cidade vai passar por uma etapa de drenagem urbana, melhorando o saneamento local. A orla da cidade também vai ser contemplada com obras como a Reserva dos Pescadores, que abrigará um mirante e um jardim botânico.

Uma das primeiras ações do projeto é propor alterações no Plano Diretor da cidade de Cajueiro. O pacto será composto de três eixos, balizados no diálogo entre a sociedade civil organizada junto com o poder público, o planejamento estratégico consistente e participativo e a busca por parcerias com grandes instituições filantrópicas que auxiliem na promoção e preservação do meio ambiente.

O Governo do Estado deverá auxiliar na garantia de ferramentas de infraestrutura e saneamento, a exemplo da Adutora do Litoral que deverá ter sua primeira etapa concluída em maio deste ano. O executivo também garante a aplicação de recursos federais de saneamento para a região. “Temos garantido 4 bilhões em investimentos em plano executivo de saneamento básico junto a Funasa e o Ministério das Cidades, que também vai contemplar a região de Barra Grande. Queremos trabalhar a efetivação do projeto através do funcionamento dos conselhos gestores que deverão acompanhar de perto essa reestruturação. Eles devem ser compostos por diferentes empreendedores da região e sociedade civil organizada”, garantiu.

A pista ampla do aeroporto regional de Parnaíba e sua proximidade com pontos turísticos, bem como com suas estradas de acesso, chama a atenção de investidores regionais, como é o caso da rede baiana de hotelaria TXAI, de Itacaré. Com o suporte do aeroporto, empresas poderão ampliar o fluxo de turistas nas cidades litorâneas do Piauí, garantindo leitos para estadia e hospedagem de visitantes.

O Governo do Estado também se comprometeu em efetivar programas de habitação preventivos, preparando a cidade com bolsões habitacionais. Para o governo, a prevenção vai evitar déficits de moradia, contribuindo para a organização paisagística da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário